Inbound marketing: Entenda como funciona

O inbound marketing é uma importante estratégia digital que tem como premissa atrair e envolver o público por meio de conteúdos valiosos, ou seja, que são capazes de atender os desejos e as dúvidas. Com os recursos adequados, é possível alcançar benefícios como um engajamento notório, um relacionamento de confiança e uma comunicação aberta com a audiência.

Quais são os pilares e etapas do Inbound Marketing?

Para que seja possível estabelecer esse tipo de comunicação, é interessante abordar que diferentes técnicas estão relacionadas com a obtenção de resultados satisfatórios no processo de inbound, potencializando as chances de atração e conversão: Marketing de Conteúdo, SEO (Search Engine Optimization) e táticas em mídias sociais. Essas práticas são apontadas como significativas para o inbound principalmente pela estratégia ser desenvolvida atendendo às seguintes etapas:

- Atração;
- Conversão;
- Venda;
- Encantamento.

É necessário obter tráfego qualificado nos canais e para isso, o conteúdo deve ser relevante. Nesse contexto, a visibilidade também tem grande importância, afinal, é a forma de aumentar as chances de que o cliente encontre a empresa. Por essa razão, aspectos das estratégias apresentadas são citados, como das técnicas de SEO, que são ideais para otimizar as páginas da empresa em prol de alcançar um melhor posicionamento nos buscadores.

Além disso, a atração ocorre essencialmente por redes sociais e em buscadores, por meio de tráfego orgânico ou campanhas patrocinadas. Um número elevado de visitantes é importante para que sejam convertidos, mas é importante se ater ao fato de que são visitantes qualificados devido ao direcionamento preciso de conteúdo.

No início, muitas vezes o cliente em potencial não sabe com exatidão o que precisa e por esse motivo, os conteúdos devem apresentar facilidade para o consumo e contribuir com a educação do mercado. Abordagens podem ser realizadas por meio de infográficos para tornar o conteúdo mais atrativo e claro, por exemplo, sobre a amenização do índice de acidentes no trabalho devido ao treinamento de EPI ou até mesmo uma lista de vantagens, como o impulsionamento de vendas devido a aplicação de etiquetas personalizadas para roupas.

Para a conversão, é importante que exista a captação dos leads, que são os consumidores em potencial que apresentam interesse na empresa. É um processo fundamental para começar uma comunicação mais direta, que ocorre comumente pelo preenchimento de um formulário em troca de um conteúdo de valor, descontos ou outros benefícios.

Por exemplo, um cliente em potencial pode se interessar pelo e-book de uma empresa sobre a importância do processo de reciclagem de aparas de papel ou até mesmo se cadastrar para receber um conteúdo exclusivo sobre monitoramento ambiental.

A partir desse ponto a conversão é mais visada, com a nutrição dos leads, que é caracterizada por conteúdos ainda mais relevantes, pois nesta etapa, o cliente já identificou suas necessidades e está em busca da melhor solução. No entanto, mesmo após uma venda concretizada, é preciso atender a atualização de conteúdos e de fato encantar o cliente, além de analisar possibilidades para reiniciar o processo do inbound marketing.

Dicas para mensurar os resultados

Uma das principais vantagens ao tratar-se do marketing digital, é a praticidade para averiguar os resultados, o que viabiliza modificações de acordo com os dados detectados conforme o desempenho da empresa e outros fatores. Desta forma, se pode observar a importância de monitorar regularmente os resultados de cada tática, assim como ter um controle efetivo do plano de marketing digital da empresa como um todo.

Naturalmente, ao aplicar uma estratégia e negligenciar a importância de seu acompanhamento, incertezas serão geradas a respeito dos investimentos, o que pode gerar um impacto severo para os empreendedores. Ainda mais, pode dificultar o processo de otimização e análise geral do desenvolvimento da corporação.

Há diversos pontos que podem ser avaliados para uma análise minuciosa de cada tática adotada no processo de inbound, porém, alguns fatores possuem maior destaque, como a taxa de conversão, ROI (Retorno sobre Investimento) e NPS (Net Promoter Score).

O monitoramento da taxa de conversão, assim como dos outros fatores, é crucial para averiguar o desempenho das táticas e nesse caso, está direcionado essencialmente para o quanto de fato as pessoas estão sendo atraídas e se tornando clientes.

Ao falar do ROI, é um indicador primordial para qualquer tipo de negócio, uma vez que é a forma de identificar se há lucro ou não. Para isso, é necessário que os investimentos realizados sejam comparados com os resultados, naturalmente, deve ser algo realizado em períodos específicos para obter resultados precisos.

Já o NPS corresponde basicamente ao nível de satisfação dos clientes atuais com a empresa, geralmente esse tipo de análise é realizada por meio de pesquisas para coleta de dados. Sendo assim, de forma geral, com os recursos abordados ao longo do texto, é possível não apenas implementar o inbound marketing, mas ter consciência de que há uma série de fatores que contribuem com que análises e melhorias sejam realizadas.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário
Quer se manter atualizado e receber os nossos conteúdos? Inscreva-se aqui!

Fale Conosco pelo WhatsApp